Histórias meio ao contrário rss

Bento que Bento é o Frade

10.07.2009comentários comente

"Fiquei deveras gamado pela figura de Nita, a criação tão bonita de Ana Maria Machado.

Por onde quer que ela siga, brota uma alegre verdade.

Se bento-que-bento-é-o-frade, ai nita-que-Nita-amiga!" - Bilhete de Carlos Drummond de Andrade  (crédito: Arquivo pessoal)

Bento que bento é o frade!
Frade!
Na boca do forno!
Forno!
Cozinhando um bolo!
Bolo!
Fareis tudo que o seu mestre mandar?
Fazeremos todos!

Fazeremos? Será que na hora de brincar, existe algum problema de não se fazer exatamente tudo que o mestre mandar?

Será que tem importância falar de um jeito esquisito e não conjugar o verbo certinho, como manda a professora?
E Salamê Minguê, o que que quer dizer?

Nita tinha esses e muitos outros questionamentos na ponta da língua. Personagem encantadora, cuja verdade deixou gamado até o mestre Drummond, Nita resolveu que não era obrigada a pensar exatamente como todos os demais.

Bento que Bento é o Frade originalmente foi escrito como uma peça infantil chamada No País dos Prequetés, ganhadora do concurso de dramaturgia infantil do Teatro Guaíra. Sua adaptação literária foi o primeiro livro infantil de Ana Maria a ser publicado, em 1977, pela editora Abril.

Em 1979, a peça No País dos Prequetés foi encenada no Rio, com Sonia Braga no papel de Nita.

O livro falou de questionamento e obediência, liderança e consenso, solidariedade e mutirão numa época em que ainda não era fácil nem comum tratar de assuntos dessa natureza. Só mesmo uma figura alegre e corajosa como Nita para fazer o que ela fazia naqueles tempos!

Tags: teatroprequetesobediencia.


imagens


"Fiquei deveras gamado pela figura de Nita, a criação tão bonita de Ana Maria Machado.

Por onde quer que ela siga, brota uma alegre verdade.

Se bento-que-bento-é-o-frade, ai nita-que-Nita-amiga!" - Bilhete de Carlos Drummond de Andrade 
(Arquivo pessoal)

Indique este post |  Permalink |  Versão para impressão

Compartilhe: delicious   digg   technorati   google   stumbleUpon


comentários

Não há comentários até o momento.

Envie seu comentário


Para comentar é preciso estar logado no site. Faça seu login ou registre-se.